Princípio de incêndio no paquete Funchal, atracado em Lisboa

Princípio de incêndio no paquete Funchal, atracado em Lisboa

O navio de passageiros Funchal, atracado em Lisboa, registou um princípio de incêndio que não causou vítimas, mas obrigou à intervenção dos bombeiros, disse hoje à agência Lusa fonte dos bombeiros sapadores de Lisboa.

O incêndio começou cerca das 22.30 horas de terça-feira quando o Funchal estava atracado no Cais da Matinha, em Lisboa, tendo sido enviados ao local seis viaturas dos Bombeiros Sapadores de Lisboa e mais uma dos Bombeiros Voluntários do Beato e Olivais, segundo a mesma fonte.

“Tratou-se de um princípio de incêndio nas cozinhas, na parte do navio reservada à tripulação, e na operação participaram entre 20 e 25 efectivos”, acrescentou.

O incêndio, que “não causou grandes danos” e teve causas indeterminadas, foi dado como extinto às 23.45 horas.

O Funchal foi construído em 1961, na Dinamarca e tem capacidade para cerca de 650 passageiros.

FONTE: Jornal de Notícias

Esta entrada foi publicada em Geral, Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s