Marinha de guerra Indiana captura 16 piratas Somalis

A Marinha da Índiana capturou 16 piratas somalis depois de uma “batalha” de três horas de duração no Mar da Arábia.
Além disso, 16 membros da tripulação que haviam sido feitos reféns pelos piratas, foram resgatados de uma traineira Iraniana sequestrada a oeste das ilhas Laquedivas, no domingo.

O Capitão Manohar Nambiar disse:”Os piratas estavam a usar o arrastão como base móvel para lançar ataques aos navios que passassem no Oceano Índico.”
Os piratas tentavam apreender um navio mercante, o MV Maersk Kensington, quando um navio da guarda costeira e um navio de guerra, que se encontravam na área, receberam o pedido de ajuda.
Os piratas abriram fogo contra o navio da guarda costeira, assim que este se aproximou, desencadeando uma troca de tiros, durante a qual o arrastão pirata se incendiou.
Dos 16 reféns, 12 são iranianos e quatro são paquistaneses, disse o porta-voz da Marinha.
“Os piratas vão ser entregues à polícia de Mumbai para serem acusados. Os membros da tripulação serão interrogados para estabelecer as suas credenciais e, em seguida, entregues nas suas embaixadas”, disse Nambiar.
A Marinha indiana prendeu cerca de 120 piratas, a maior parte da Somália, ao longo dos últimos meses. À duas semanas, a Marinha capturou 61 piratas quando estes atacaram um navio da Marinha de Guerra.

Esta entrada foi publicada em Geral, Pirataria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s