Costa Allegra – nova actualização

O Costa Allegra já com o cabo estabelecido ao Pesqueiro Francês F/V Trévignon

Mais um comunicado da Costa Cruises sobre o “Costa Allegra

Génova, 28 Fevereiro de 2012

Time 7.00 pm (CET)
Today afternoon, around 12.30 pm CET (3:30 pm local time) the two tugs reached the Costa Allegra to assist the ship as well as the second Ocean fishing vessel. Costa Allegra continues to be towed by ocean fishing ship flying French flag “Trévignon” and maintains a speed of about 6 knots. At current speed and with stable weather conditions Costa Allegra may also anticipate its arrival in Mahé on March 1 early morning.
Tomorrow, the arrival of an helicopter will be the expected to deliver flashlights (about 400) and fresh bread, since on board it is not possible to cook it, while there is no lack of food and other comfort items.
Also thanks to the arrival of a small generator, carried by a Navy ship present on site as support, the ship crew is doing everything possible to make the situation on board more comfortable trying to restore basics services on board. The speed of the ship, despite the hot and humid climate, creates a slight breeze that helps making the situation more comfortable.
Meanwhile, today early afternoon, Costa Cruises‘s “Care Team” has arrived in Mahé: a group of 14 people made up of executives and qualified managers as well as specialized technicians with the task of providing the necessary assistance both to the ship and to passengers as well as to crew members on their arrival in Mahé.
“Care Team” members immediately met with local authorities and those responsible for the rescue coordination in order to define the operational details of passengers’ arrival on the island and to guarantee the necessary accommodation in local hotels and an efficient organization for their return back to their final destination.
Eight of them will board Costa Allegra tomorrow morning thanks to a local Navy ship to meet Guests and discuss with them all the necessary arrangements and to assist the ship’s staff in deeper technical inspections. Together with Costa “Care Team”, there will be two officers from Seychelles Immigration to smooth checks and procedures.

Time 1.00 pm (CET)
A Costa Crociere informa que, tendo em conta as extensas e precisas verificações realizadas com o apoio dos especialistas marítimos locais, de forma a garantir a segurança dos passageiros a bordo, o desembarque na ilha de Desroche não vai ser possível e o navio vai ser rebocado para Mahè/Seychelles. O desembarque em Desroches não garante as condições de segurança necessárias e adequadas para a amarração do navio e o desembarque dos passageiros. Além disso, os meios logísticos e os hotéis na ilha não são suficientes, sendo necessário transbordo imediato de Desroches para Mahè por Ferries, depois do desembarque do navio, através de baleeiras. Assim, o Costa Allegra pode ser rebocado para Mahè, com o auxílio de dois rebocadores que se aproximam e que permitem aumentar a velocidade do navio. A chegada a Mahé está prevista para as 6h da manhã, horário local, na quinta-feira, 1 de Março, algumas horas depois face ao desembarque inicialmente previsto (Mahè via Desroches através de Ferries). Helicópteros asseguram o fornecimento contínuo de alimentos e itens de conforto, a fim de minimizar o incómodo dos hóspedes devido às difíceis condições a bordo. A Costa Cruzeiros está a trabalhar com todas as autoridades responsáveis pela coordenação da emergência para garantir a melhor assistência possível a todos os passageiros, minimizar o seu desconforto e chegar ao próximo destino. A Companhia pede sinceras desculpas pelo inconveniente, sendo a prioridade absoluta torná-lo o mais curto possível.

Time 09.30 am (CET)
O risco de incêndio é tradicionalmente considerado como um dos mais sérios a bordo de um navio ou barco, sendo objecto de medidas de prevenção especial, treino de pessoal e planos de protecção.
Todos os navios, desde as fases de design e construção ainda nos estaleiros, são construídos com base em critérios e materiais que os tornam mais seguros do ponto de vista da prevenção de incêndios.
Conforme previsto pela legislação internacional e pelos procedimentos da própria Companhia, todos os sistemas e equipamentos de protecção de incêndios são sujeitos regularmente a testes, ensaios e inspecções.
No caso de um incêndio, a estrutura do navio, em si, é concebida de forma a isolar o fogo, tornando-o mais controlável e menos perigoso. Para este fim, o navio está dividido em áreas verticais, separadas por anteparas especiais de metal de grande espessura, equipaas com portas de fogo especiais com as mesmas características que as anteparas, as quais, uma vez fechadas, manualmente ou a partir da ponte de navegação, retardam a propagação do fogo às divisões.
A ventilação, extração de ar condicionado e condutas estão equipadas com amortecedores de incêndio especiais que fecham automaticamente em caso de elevadas temperaturas, como forma de parar o fluxo de ar, evitando a alimentação do fogo.
Todos os espaços do navio, incluindo a área de alojamento de passageiros e tripulação, estão equipados com detectores de incêndio automáticos que sinalizam a presença de fumo ou elevadas temperaturas para a ponte de navegação. Além disso, qualquer pessoa a bordo pode sinalizar a existência de um incêndio através de inúmeros postos de alarme manuais localizados a bordo.
Se a temperatura atingir níveis elevados, milhares de pulverizadores localizados no tecto são automaticamente activados.
Alguns espaços particularmente perigosos são protegidos por sistemas de extinção de incêndio (ex: dióxido de carbono para a sala das máquinas e vapores de água nas cozinhas, designadamente).
Ao longo do navio, e em todas as áreas, existem centenas de extintores portáteis de diferentes tipos (para utilização em diversos tipos de incêndio) e estações permanentemente equipadas com mangueiras ligadas a uma unidade de água sob pressão.
A eficácia de todos os equipamentos de combate a incêndio é assegurada pela manutenção regular e testes, de acordo com o calendário definido.
Equipas de combate a incêndio, compostas por especialistas altamente qualificados e treinados, estão sempre a bordo do navio, fazendo exercícios regulares. Adicionalmente, todos os membros da tripulação participam nas sessões de treino e em cursos teóricos, durante os quais são instruídos a reagir em casos de incêndio, a usar o material anti-incêndio e a seguir os procedimentos de segurança.
Estas medidas permitiram controlar e extinguir de imediato o incêndio nos geradores locais no Costa Allegra.

Time 08.30 am (CET)
Um helicóptero descolou de Mahè esta manhã e está a chegar à área onde o Costa Allegra se encontra, levando ao navio alimentos e sistemas de comunicação (telefones por satélite e rádios VHF). O tempo está bom. Os passageiros foram convidados a preparar a sua bagagem de forma a estarem prontos para o desembarque. Espera-se que o navio chegue à ilha de  Desroches amanhã de manhã.

Time 07.30 am (CET)
O Costa Allegra está a ser rebocado, desde ontem à noite, pelo navio de pesca francês “Travignon”, em direção à ilha de Desroches. Os hóspedes a bordo estão permanentemente informados e assistidos pelo Comandante e pelo pessoal de bordo. Um pequeno-almoço frio foi servido esta manhã.

Time 00.00 am (CET)
O navio de pesca oceânica aproximou-se do Costa Allegra e os dois Comandantes estão em contacto através de rádio. Ao amanhecer, vamos avaliar as operações de assistência que o navio de pesca pode fornecer.

Fonte: Costa Cruises

Esta entrada foi publicada em Geral, Notícias. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s